Como tudo começou

Em janeiro de 1941 um grupo de idealistas preocupados com a assistência à saúde da comunidade adquiriu de Dona Conceição Leite de Faria um imóvel muito bem localizado na Praça João Lourenço para que ali fosse instalado um hospital.

Este grupo, formado em sua maioria por fazendeiros, foi denominado na época "Grupo dos 13", sendo seus componentes os seguintes:

  • Hospital São SebastiãoAlípio Faria Pereira.
  • Antônio Sabino de Oliveira.
  • Antônio Tranalli Nogueira (médico).
  • Fernando Batista dos Santos.
  • João Batista dos Santos.
  • João Benedito de Figueiredo.
  • Joaquim Brígido Martins.
  • Joaquim Procópio de Figueiredo.
  • Joaquim Ribeiro Pereira (médico).
  • José Joaquim de Oliveira.
  • Olímpio Batista dos Santos.
  • Otávio Borges de Oliveira.
  • Tomé de Oliveira Ruela.

No dia 19 de janeiro de 1941, em sessão solene no Grupo Escolar "João Luiz Alves", é criada a Santa Casa de Misericórdia de Areado, com manifestação de alegria de toda a cidade, sendo empossada no dia seguinte a sua primeira diretoria, constituída por:

  • Primeira diretoriaPresidente-Provedor: Tomé de Oliveira Ruela.
  • Vice-Provedora: Georgina de Faria Vieira.
  • 1º Secretário: Jaime Garcia Pereira.
  • 2º Secretário: Luiz Agostini.
  • 1º Tesoureiro: José dos Reis Rezende.
  • 2º Tesoureiro: André Vieira Dias.
  • Comissão de Obras e Contas:
    • Trajano Virgílio Franco.
    • José Sérvulo Barroso.
    • Otávio Borges de Oliveira.

Recebimento da verba do Governo DutraEm julho de 1947 a Comissão de Finanças do Congresso Nacional, no Governo Gaspar Dutra, inclui no Orçamento a verba de Cr$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil cruzeiros), sendo o termo de subvenção assinado no Rio de Janeiro, no Gabinete do Ministro da Educação e Saúde, professor Clemente Mariani, sendo a Santa Casa representada pelo seu procurador Jaime Garcia Pereira.

Hospital São SebastiãoCom esse auxílio e outros recebidos de notáveis areadenses, dentre estes Venância Maria de Jesus, viúva de Antônio Luiz Gomes Triste, que doou sua própria residência à instituição, conseguiu-se a construção do pavilhao São Sebastião, inaugurado em 4 de dezembro de 1949 com presença do Governador Miltom Campos e do Secretário de Saúde José Baeta Viana.

Assim começou a nossa história. Grandes homens e mulheres contribuíram em todos esses anos para que a Santa Casa fosse o que é hoje.

Todas as fotos foram gentilmente cedidas pelo Museu Municipal e Casa da Cultura de Areado "Monsenhor Faria" - Memórias de Areado / Educação e Saúde.